BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009


E se pudesses traduzir
O que a tua alma fala?
Sem pudor…
Sem gestos…
Apenas deixando sair a sensação
Através das letras…
Se te pudesses escrever…
Contar a todos quem
Realmente és…
Achas que te compreendiam
Melhor do que até onde
Alcançam no teu olhar?...
Não podes?
Não queres?
Não consegues?...
E se eu te dissesse
Que poderia ser as tuas mãos?
Que nem sempre temos
De ser perfeitos…
Que não precisamos de
Abrigar todas as capacidades
Para sermos derradeiros vencedores…
No fim de contas,
E se assim fosse,
Não precisaríamos de amor…
E se eu te disser que te quero saber?
Que trago em mim a vontade
De te gritar ao Universo…
Que te amo!...
Achas que desse modo
Partilharias um pouco
Do teu espaço?
E se te dissesse que já te sei…
Que te soube nas primeiras
Palavras que trocámos,
Nos primeiros olhares que fizemos,
Nos primeiros pensamentos que construímos…
Será que mesmo assim arriscarias?...
Sinto-te um sim maior
Do que o infinito…
Afinal,
Nunca chegámos a juntar os lábios
Para cumprir a chama de todo o nosso desejo…

3 comentários:

Ca:mila disse...

quintessência

Adriano Narciso disse...

aqui estão as perguntas retóricas do amor!

Anónimo disse...

lindo....
nao existem palavras para descrever o k sinto auando o leio...
beijo M.