BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Se...


Se o açúcar fosse sal

De incêndio

E água doce de fogo,

Todas as tolices

Eram manteiga derretida

Em cima de um pão

De loucura, servido

Com vinho de azeite.

Se as tardes fossem cubos

De ausência

Penduradas na calamidade

De um circulo esquecido,

Todo o absurdo

Seria de um vazio

Inexistente como a chuva

De um capítulo

Escrito numa folha rasgada.

Se o peixe fosse carne

De sede

E vontade de nada,

Tudo era um fantástico

Inimaginável de um

Só sentido,

O mundo seria lindo

E eu…

Eu seria feliz…



4 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Sempre preciso, perfeito e intenso no que escreve, Pedro. Sou fã.

Parabéns!

Pena que sumiu do Apimentário e não me segue mais, abraço.

Abraço-te disse...

SE...
Foi bom ter passado por aqui...

Abraço-te

Otto Pluma disse...

Bravo, maestro! Sinfonia perfeita.

. intemporal . disse...

. se os "se`s" fossem a dimensão que podem ser . até .

. no des.dizer de uma perfeição há tanto instituída .

. ampla visão de um olhar perene .



. paulo .